LGBT

O que estou fazendo agora


Minha esposa acabou de ir dormir e meu filho já está dormindo a um bom tempo. E enquanto estou eufórico com a finalização de um projeto, vem o desejo crescente de ver pornô, que para ser sincero, já está aberto em algumas abas aqui na navegação privada.

Confesso que estou (estava) à dias sem ver e sem masturbar, e isso impacta diretamente nos vídeos que desejo assistir. Conforme já falei na primeira publicação, o vício em pornografia é capaz de alterar o seu cérebro a ponto de te fazer buscar prazer onde seria impossível em sã consciência; agora mesmo estou com abas abertas onde busquei "emo teen gay sucking"… Tenho esposa e filho, e amo-os demais. Sou hétero sem sombra de dúvidas, mas essa compulsão e desejo gay afloram nessas circunstancias: stress, euforia, tempos sem pornô e sem masturbar. É triste, mas é verdade.

O mais incrível foi quando descobri o site http://vicioempornografiacomoparar.com/ e vi que eu não estava sozinho; muitas pessoas postando depoimentos e deixando claro que sentíamos o mesmo que os outros. Conforme você afunda no pornô e precisa cada vez mais e mais para se excitar, a tendência do nosso cérebro é buscar prazer em outras formas de vídeo, por exemplo: travestis, BDSM, gays etc.

Não darei muitos detalhes de minha vida pessoal, mas minha esposa sabe muitas coisas sobre mim, inclusive sobre o pornô. De uns tempos para cá passou a dormir com a porta aberta enquanto eu continuo no computador após ela ir deitar. Desconfiança.

"Não deixe de amar quem realmente ama você, por conta de um simples prazer."





Source link
Show More
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Pin It on Pinterest

Share This

Share this post with your friends!

Close